Perdido Responde (#)

23 março, 2010


Comentário recebido de rsconcurseiro:

“Oi Perdido!!

Mto legal a sua escolha!! Parabéns pela determinação de mudar para um lugar melhor. Também tenho interesse de me mudar para Salvador, mas gostaria de passar em um concurso nessa região antes de ir.
Trabalho na área de informática. Sendo assim estava pensado em conseguir uma oportunidade na área privada e me mudar. Enquanto me estabeleço, estudo para os concursos que abrirem.

O que você acha?”


Perdido:
Bom, por ser desacreditado em concursos (nasci na mamata dos concursos em BSB, o que vi e vejo de gente que até hoje passa no topo da lista e simplesmente não é chamdo….) , eu estaria mentindo se passasse alguma informação sobre eles pra você, mas confesso que nunca ouvi falar nada relacionado a concurso de TI ou suporte de info para o governo ou grandes corporações.

A área de suporte de info daqui não me agradou muito não, em BSB eu também dava suporte residencial e empresarial, e isso era fora o meu trabalho convencional, e confesso que tirava muito alem da cerveja com esses jobs, já aqui em Salvador, pra se cobrar algo que realmente valha o serviço, você primeiro tem que montar um nicho de mercado e ser reconhecido, pois o que tem de “tecnico-micreiro” que cobra 20, 30 conto pra formatar em casa não é brincadeira… é até deprimente.

Agora, para area privada é outra história, se você tiver um bom CV você pode arrumar um emprego em uma boa empresa e ganhar bem, e as chances disso acontecer no inicio são grandes! Aqui as empresas valorizam muito o profissional de outro estado, porque realmente todos reconhecem o problema da educação e da pós formação na baiana.

Acho que vale a pena você pelo menos passar uma temporada aqui, venha de mansinho, conheça a cidade, faça uns contatos, tente se estabelecer em uma empresa, e, se tudo der certo, mande despachar o resto das malas.

Mas tem um detalhe e um preço, Salvador ta violenta, não tanto quanto Sampa ou Rio, mas também não ta mole não.

Boa sorte!

Caos

9 setembro, 2009


Entrando no terceiro dia de terror em Salvador, até agora o governo diz que não precisa da segurança nacional (veja aqui), enquanto isso, hoje tem jogo da seleção e a cidade cheia de imprensa, nacional e internacional, dai eu me pergunto, a facção que se intitula Comissão de Paz e promove o caos vai ficar quieta?

Desde o dia 7 ja foram 7 ônibus incendiados, com e sem gente dentro, 6 módulos policiais atacados e alguns incendiados, além de vários pontos de troca de tiros entre polícia e ladrão, iniciados pelo ladrão por incrível que pareça. (notícia completa aqui)

Bom, juntando o transito quase caótico com essa violência no stop repentina e o S no inicio da cidade, to até pensando em mudar o nome do blog para “Perdido em São Paulo” ou “F$#!#@ em Salvador”.

Resumindo: Nesse verão, vá para o Recife, Fortaleza, João Pessoa ou até pro Rio de Janeiro.

Perdido em Salvador, direto do Bunker improvisado.

Eleição o mundo muda…

23 outubro, 2008


 

Aqui em Salvador ainda estamos em eleição, e como é de praxe em todo o Brasil, o prefeito só decide trabalhar nessa época, arrumando as vias e botando policia na rua, em 3 dias ja presenciei 3 cenas cotidianas da policia fazendo o que deveria fazer o tempo todo: prendendo bandidos e combatendo o crime, o que mais me chama atenção, é o novo método de blitz para pedestres (ou quase isso) que a PM-BA vem fazendo, em uma esquina, ficam de 4 a 8 policiais só observando o movimento, entrou na rua e tem cara de bandido? Ja ganha um tapa na cabeça e um “bacú” (revista) pra ficar esperto.

Ontem por exemplo, estava eu a caminho do trabalho, quando ví um policial correndo com uma pistola na mão apontada pra qualquer um que esteja na frente e gritando: “Para! para! paraaa! eu vou atirar!!!” E então prende um cidadão (o cidadão tinha quase 2mts de altura e no minimo uns 90kgs) que acabou de roubar a bolsa de uma senhora, uma das coisas que eu gosto em Salvador, é a sutileza da policia local, pra que pedir pra encostar no muro? Pra que falar educadamente pra ajoelhar-se? Se você ja sabe que aquele infeliz roubou mesmo, enfia a mão nele! Pois em menos de 10 segundos ja tinham 4 policiais ensinando ao infeliz que não se deve roubar ninguem (fiquei com pena da grade que recebeu varias cabeçadas do meliante), e apanhou até contar onde estava o seu comparsa que conseguiu fugir (e com certeza passou o resto do dia apanhando).

O meio termo de tudo isso, é que mesmo com uma policia agressiva, Salvador tem um nivel de criminalidade absurdo, de assaltos até asssassinatos, por droga ou só porque você está sendo assaltado e não tem nem 1 real pra dar pro assaltante.

Mas é isso ai, pelo menos agora, a prefeitura trabalha (até o dia 25 é claro, depois volta ao marasmo).

Dica do Perdido: Nunca ande com menos de R$10 em Salvador, ou então seja esperto como eu.

Perdido Responde.

1 outubro, 2008


Comentário que chegou pra mim:

“Oi, tudo bem!
Meu comentário não tem nada a ver com o seu texto, por isso espero que não fique ofendido.

O que ocorre é que sou paulistano e estou pensando em pedir remoção para Salvador (sou concursado).
Tenho 27 anos, solteiro e sem filhos (e pretendo continuar assim), e tenho algumas dúvidas sobre a cidade:

1- Qual o custo de aluguel e condominio de um ape de 2 dormitorios por aí?  Não precisa ser exato, uma noção aproximada ja está de bom tamanho.
[classe média= R$350-R$500, classe alta= R$800-R$2.000, classe baixa= R$250-R$300, favela= “cenzin resorve tudo mo pá”]

2- O povo é receptivo? É fácil fazer amigos e conhecer gente em geral?
[Cara, ja leu os primeiros posts do blog? Eu nunca soube de povo tão receptivo e caloroso, e também verdadeiros! Se você estiver na merda, eles vão pra merda com você só pra te ajudar]

3- O que acha da mulherada?  São bonitas, gostosas e acessíveis?
[você ja viu cidade litorânea sem mulher gata? Ja viu cidade Turística sem mulher gata? É claro que são maravilhosas… leia alguns posts aqui que você vai entender melhor, procure o dia do orgasmo]

4- A cidade é muito violenta?
[Meu, tu mora em Sampa meu, mais violento que ai acho que não tem não… rs.. Falando sério, cara, Salvador é violenta como qualquer outra grande metrópole, claro que não muitos assaltos em sinal de transito (raros até), mas a violência impera na rua mesmo, não tanto quanto Sampa e Rio, mas dependendo do lugar onde você esta, nem pense em tirar o celular do bolso, ou muito menos andar em certos lugares depois das 20hs, tirando isso, o grande problema são os assaltos a ônibus, mas quem vem de carro não corre este risco. Mas nada que dê medo de morar aqui não, aqui ainda não aprenderam a assaltar um condominio inteiro.]

5- No geral, você gosta de morar em Salvador? Acha que no nordeste há cidades melhores e mais legais?”
[Bom, deixe-me pensar, eu to aqui a mais de 1 ano, a cada dia descubro algo novo, me surpreendo com a cultura diferenciada, a cerveja é a metade do preço comparado a Bsb ou Sampa, o custo de vida é a metade comparado ao Sudeste e Centro-oeste inteiro, as pessoas são verdadeiras e receptivas, engordei como um boi, a praia é limpa e não é lotada, os surfistas não batem em haulli, pelo contrario, te chamam pra surfar (mas eu ñ surfo pq não sei), tem 3560 lugares para se ir ao final de semana ou qualquer outro dia, ja que na bahia todo dia é dia de festa, é… eu gosto de morar em Salvador sim!
E realmente, no nordeste, tem lugares N vezes melhores que Sampa, Rio, Bsb, Minas, etc… Aqui ainda se vê vegetação, aqui ainda se acredita na palavra do homem, aqui ainda ha respeito com o proximo, aqui meu amigo, é o lugar que eu escolhi pra viver melhor.]