Salve galera!

Inauguro agora o Especial Perdido em Bsb, (dai você deve estar se perguntando: “mas ano passado você disse que ia fazer o mesmo e só postou 2 vezes ¬¬, mas é que dessa vez estou “armado com a cam do celular”), mas primeiro vou começar com uma reclamação e um esquecimento:

Nunca havia viajado pela Webjet, e confesso que me arrependi, porque? R= (Todos consumamos dizer que a Gol é um Grande Onibus Lotado, conotando que é apertado, mas na verdade amigos), a Webjet parece uma lata de sardinha! Isso mesmo! Apertada tão quanto uma lata de sardinha! (O avião a lata e os passageiros a sardinha) Foi simplesmente impossível esticar as pernas e olha que eu sou tampinha, me senti literalmente em um ônibus, (e pra piorar com um gordinho do meu lado que dormiu e hora caia para o meu lado, hora caia para o lado da moça do corredor, passamos a viajem fazendo o cara de João Bobo, eu jogava ele pro lado dela, ela empurrava devolta,) TENSO o negócio.

Também havia esquecido que aqui em Brasília se demora mais esperando o ônibus do que dentro dele, 40 minutos de espera pra 15 minutos de viagem, (pelo menos não estava lotado e couberam minhas pernas, já que o buzão não era um Boing da Webjet).

Agora a foto do dia:  (ou o que restou dela já que foi tão bem tirada quanto a minha cara)

(Fim de tarde tradicional de Bsb – Aeroporto IJK)

Manhã tem mais! (Se eu não estiver bêbado, claro)


Salve galera!

Fiquei lisonjeado  com a quantidade de “parabéns” que ouvi no dia do aniversário da minha terra natal, ta ai mais um fato de cordialidade baiana, agora, vai comentar em Bsb que é aniversário de outra cidade…

Como dizem aqui, “sê vai vê a miséra  que vai ser!”

Brasilia… ah Brasilia…

16 agosto, 2009


Brasilia estava linda, o mesmo céu mágico cor no final de tarde, a mesma lua gigante no céu estrelado, o cheiro de gasolina e diesel (que é? eu gosto uai), as arvores começando a secar, o frio intenso da madrugada, a arquitetura exuberante, o choop gelado, o lago amado, o congresso, os candangos (a escultura), o parque da cidade e seu ar quietante, a falta de educaç… Opa, a falta de educação eu não tava com saudades não!

É incrivel como quem mora em bsb acostuma com esse triste fato, ô povo mal educado!
Quando moramos lá, não percebemos, acostumamos de uma forma automática, mas quando se passa uma boa temporada fora de bsb e volta para visitar, é ai que vem o choque, é cobrador e motorista de onibus sacaneando tratando mal todo mundo, o cara da padaria, farmacia, mercado, todos! É horrivel essa triste realidade, dessa cultura fraca de protecionismo pessoal.

É por isso que vim para Salvador, povo calorento, aconchegante, hospitaleiro e mesmo largado pelo estado, com estudo fraco, sofrendo pela falta total de planejamento e desordem da cidade, ainda assim tem forças para sorrir, e sabe que a amizade é tudo na vida de qualquer pessoa.

Saudades bsb, saudades da cidade, não da falta de educação!


Salve queridos leitores.

Essa semana vou comerçar o especial Perdido em BSB.
Sabem como é ne… ferias… chuva intensa em Salvador… isso tudo da uma saudade da terra natal, que decidi voar pra BSB, então para quem não conhece minha terra natal, vou estar postando coisas sobre a cidade dos pecados, e claro que não vou fugir do tema Salvador durante esse periodo…

Amanhã pósto sobre o choop de hoje… ehehehe

Aguardem!

Relato de uma Candanga…

5 setembro, 2008


Fui afortunada.. por um sorteio no mínimo suspeito, pra fazer um post sobre Brasília e Salvador. Peraaêeeeeee.. eu nunca fui em Salvador, fudeu!

Comecemos por Bsb, aliás essa eu conheço bem!

Capital federal, lugar onde a umidade do ar varia entre 2 e 90%, aqui todo mundo é velho, seja novo ou seja velho mesmo! É velho, velho e velho. Quando naum souber o q dizer, naum tiver o q dizer, ou lhe faltarem as palavras.. é infalível.. exclame! Veéeeeeii! Paradoxal… todo mundo conhece todo mundo, mas ninguém conhece ninguém na verdade.

Ao contrário dos outros centros metropolitanos, as favelas ficam longe, beeeem longe das mansões, e detalhe.. a passagem é R$3,00, a mais cara do Brasil! Tudo é longe, reto, amplo e limpo. Pelo menos onde os olhos da elite alcançam! (Perdido diz: Longe?! Tadinha, ela não mora em Salvador…)

Comprar pó é mais fácil q pão, e pra comprar “crack” você anda menos do que pra chegar a parada de ônibus…q aliás, também é longe! As ruas naum tem nomes, nem esquinas.. tudo é numerado W3, L2, 405, 913… bem sinalizada, placas pra todos os lados, só q analfabeto aqui tem menos mobilidade q tetraplégico.

Ao contrário do que se pensa, quem é de Brasília naum necessariamente é filho de senador, marajá, não vive em função de queimar índio em parada e nem espancar garçom (em Salvador). Os shoppings são a sensação, pq aqui naum se tem absolutamente NADA pra fazer.. ateh tem, mas um baladinha simplória não fica por menos de R$40,00, não mesmo!

As tribos urbanas são bem definidas. Diferenciadas por duas coisas básicas: música e grana! Pobre anda com pobre e ponto. Os playboys gostam das loiras siliconadas, e o resto.. se mata no cabeleireiro, na academia e nos centros estéticos ( q existem em maior quantidade do que igrejas e butecos). Não poderia deixar de fora os EMOS.. eles são responsáveis por Brasília ser denominada a “San Francisco brasileira” (aqui tem a maior concentração de gay por metro quadrado! FATO) (Perdido diz: O pessoal de Sampa vai contestar isso, né Vini? Pcc?..)

As crianças não brincam na rua, mas os carros param na faixa de pedestre. Brasília é cheia de dores e delícias; é o lugar onde vc demora meses pra fazer um amigo… mas vai tê-lo pro resto da vida. Onde vc naum vai conseguir respirar de tanta secura, mas vai pensar duas vezes antes de mudar, vc odeia hoje, e a manhã jah ama de novo e mais e mais!

Salvador…posso esculhambar?

Para ser sincera quando penso jah me vem a cabeça o pelourinho, a galera do rasta atrás do olodum (sem preconceitos.. eu USO rasta!) as baianas vendendo acarajés… o povo deitado numa rede… visão limitada seeeeii! Se bem q se vocês vivessem numa rede eu entenderia perfeitamente, pq calor dá uma lesêeera! Penso tbm em carnaval, Ivete Sangalo, Dorival Caymmi, Caetano Veloso, Gal Costa, até na podre da Pitty, que vamos combinar neah gente! (tem as manhas de cagar tudo q ela põe a mão!) Continuem produzindo a galera do axé.. vocês são bons nisso! Deixa o Rock pra gente! ;D

Transmissores de alegria, diversão… hospitaleiros. E vamos parar com isso de que baiano é preguiçoso, p0or que no fundo no fundo.. todo mundo é!

postado por Michelle, candanga perdida 1 dia em Salvador.

Perdido diz: Pra quem não sabe, parada é ponto de ônibus, e pagode é axé.

Se você tem alguma coisa pra dizer ao perdido ou contar, mande-me um e-mail: blogperdidoemsalvador@wordpress.com