Sexta-feira (10/04) toca o telefone:

Perdido: “Alo!”
Alguém: “Perdido, não vai rolar de ir pra sua casa não.”
Perdido: “Uai, porque?”
Alguém: “Ô véi, comé que eu saio de casa com essa chuva toda que ta caindo? ta tudo alagado na cidade.”
Perdido: “Chuva?! Que chuva? Perai um instante” (Olho no céu, tudo claro, olho o termometro, 34° como sempre) “Cara, não ta chovendo, pelo contrário, ta um calor de matar”
Alguém: “Cê é doido é? Ta tudo alagado aqui no Lucaia! Só da pra sair de casa de barco!”
Perdido: “Lucaia alagado?! Ta bom véi, ta bom, fazer o que, depois te ligo, abraço.”

Ignorei a informação da chuva, primeiro porque a pessoa é enrrolada e segundo porque o Lucaia não fica nem a 10km de distancia da minha casa, pela lógica, se chove 30mm no Lucaia tem que chover na minha casa.

Mais tarde assistindo ao BA-TV: “Chuva em salvador alaga lojas e casas, em 2 horas choveu mais de 30mm em Salvador…”

ô cidade doida…