As mulheres e o futebol.

2 abril, 2009


Totalmente desacostumado com a febre de futebol local, ja que em brasília nem 5% da população torce pros times locais, outra coisa que me chamou atenção em Salvador foi a febre da população por seus times, Jaia Bahia e Vicetória Vitória, principalmente a febre pelo Bahia, já que fora de Salvador esse time praticamente não tem adeptos e nem ibope.

Um confronto entre os 2 times, resulta na mobilização de boa parte da cidade para assistir o jogo, contingente policial extra, esquema de transito, ônibus extra e incrivelmente pouca violência.

Um certo dia, lá fui eu cortar a juba o cabelo, num bairro de classe média alta, salão cheio de mulheres e só eu de homem, quando entrei, pensei: “Vamos ver como as baianas fofocam no salão”, e logo vem o choque, a tv ligada, com o volume bem alto, transmitindo um jogo do Bahia, e só 7 mulheres la dentro! Todas concentradas, olhando pra televisão (ou escutando), quando uma vira e fala: “Vaaaaii viaaadoooooo!!! Chuta essa porraaaa!!!”, o atacante chuta e o faz gol, elas gritam, chingam, a manicure para de trabalhar pra rever o lance, a cliente que estava fazendo escova vira para olhar pra televisão, e eu la, me sentindo em outro planeta, sentado totalmente sem reação, não ri, não comemorei (claro ne), não expressei nada, alem do meu choque em ver aquela cena, 7 mulheres reagindo como 7 homens.

Moral da história: Na bahia, quem deixa de fazer sexo pra assistir jogo não é só homem, mas as mulheres também!
Isso me lembra uma coisa: “Qué uma Skol?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: